quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Não matarás. Êxodo 20:13

POR QUE DEVEMOS ODIAR O ABORTO?
O aborto no Brasil ainda é crime, mas caminhamos perigosamente para a sua legalização. Muitos veem a aprovação dessa lei como um avanço social. Mas, o aborto é assassinato de um ser humano. Um ser humano indefeso. O aborto é a quebra do sexto mandamento da lei de Deus: "Não matarás". O aborto é a usurpação do direito inalienável de Deus, pois só Deus pode dar a vida e tirá-la. O aborto é amordaçar o grito dos inocentes. É encurralar no sacrário do ventre materno, os filhos que ainda não tiveram o privilégio de nascer e arrancá-los de lá envenenados ou esquartejados. O aborto é a negação do mais sagrado dos direitos, o direito de nascer, de viver, de não ser morto antes mesmo de ver a luz do sol. Aqueles que defendem o aborto, defendem-no porque tiveram o direito de nascer. Se outros defendessem a mesma posição iníqua acerca deles, não estariam aqui para defender essa causa perversa. Devemos ser a favor da vida e não defensores da morte!
Hernandes Dias Lopes.


As leis devem servir para proteger os seres humanos, inclusive os que ainda estão no útero. O aborto não resolve problemas, cria mais um, monstruoso. Se alguém mata o filho de outro é assassino. Se alguém mata o próprio filho não o é?

Luta-se contra a pena de morte para adultos criminosos... luta-se a favor da pena de morte para bebês inocentes...?????????????

Vale a pena contrastar o lamentável depoimento de um líder religioso com o de de uma mulher contrária a legalização no Brasil. Ambos se referem ao exemplo de New York, só que com análises diferentes. Como alguém pode pregar a necessidade de fortalecer os valores clássicos das Escrituras e ao mesmo tempo ferir um dos mais caros princípios bíblicos?